Featured

Um ano sem objetivos

Um destes dias dei por mim a pensar neste ano novo, creio que pela primeira vez o ano mudou e não defini objetivos ou anotei uma lista de coisas impossíveis numa folha a5 num caderno algures.

Senti-me estranha por não o fazer, parece que os dias atropelaram-se e o novo ano veio, como uma chapada, relembro-me que nem tinha cumprido os objetivos do ano passado, fossem eles quais fossem…

Desde há alguns meses rompi com o hábito de ouvir música no carro e dedico-me apenas a ouvir podcasts, sobre qualquer tema que me interesse: finanças, minimalismo, curiosidades, nutrição. Um dia destes ouvia 2 pessoas conversando sobre o facto de não terem objetivos ou metas traçadas e pensei ter ouvido mal. Eram dois homens de sucesso, reconhecidos, com famílias, livros publicados e alegria na voz que vem apenas de alguém cuja cabeça esta descansada e o coração realizado. A teoria era simples, não é o pódio que interessa mas sim o processo.

Focar-nos apenas no objetivo, naquele dia mágico em que tudo se alinha é irrealista. Posso pensar mil vezes que quero ser uma escritora de sucesso, mas se não escrever dia após dia, que irá a vida reservar-me? Se o processo não se tornar parte de mim como vou atingir o objetivo e,  pergunto se publicar o primeiro livro, acaba-se? Torno-me feliz e, que nem um conto de fadas, avanço saltitando em direção à felicidade lá, depois daquele arco-íris?

A verdade é que se me focar no processo, por exemplo este de ser uma escritora, posso chegar exatamente ao mesmo sítio à concretização do objetivo, mas entretanto não vivi frustrada porque o tal dia mágico não havia chegado, nos entretantos, de cabeça baixa fui trabalhando, desfrutando das pequenas lutas do dia a dia, celebrando-as e mitigando-as com a experiência adquirida no processo.

Esta ideia para mim é fascinante uma vez que não me obriga a penhorar a minha felicidade por um dia vindouro. Permite-me focar nos pequenos passos, nas ações que viram hábitos, que viram métodos. Os objetivos os tais dias especiais e mágicos hão de vir, mas o processo e melhorar o tal 1% a cada dia vai acontecendo.

Por isso neste ano pergunto-me que ideias mágicas se irão tornar rotinas, porque hábitos e ações me vou apaixonar?

Inspiração: Livro Atomic Habits – autor: James Clear

Photo by Bich Tran from Pexels

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *